Fonte: The Sun
Tradução e adaptação: Equipe Demi Lovato Brasil

Dois anos se passaram desde que Demi Lovato quase morreu com uma overdose de drogas. Mas a cantora americana agora conseguiu coragem para falar sobre o momento difícil em detalhes, pela primeira vez, em sua nova docu-series.

Eu fiquei sabendo que ela está prestes a se abrir sobre sua experiência devastadora em seu novo documentário, que será dividido em quatro partes, com o Youtube, tendo garantido um acordo de muito dinheiro com a plataforma.

Demi teve sua recaída em 2018, depois de seis anos sóbria, antes de ser levada para o hospital em julho do mesmo ano, após uma overdose de drogas. Ela passou duas semanas se recuperando no Centro Médico Cedars Sinai em Los Angeles e depois seguiu para a reabilitação.

Agora, a estrela pop concordou em dar um relato aberto e sem impedimentos de sua experiência no documentário, para que ela possa ter controle total sobre como sua história pessoal será contada.

Uma fonte próxima a cantora de Sorry Not Sorry disse: “A experiência de Demi em 2018 foi horrível e continuará a afetá-la por anos, então ela ainda não se sentiu capaz de falar sobre isso, mas ela escreveu grande parte de seu álbum sobre a situação e quer abordar exatamente o que aconteceu com ela, na esperança de evitar que alguém sofra uma experiência semelhante”.

“Ela ficou nervosa ao falar sobre o que aconteceu porque não quer que nada seja interpretado de maneira errada. Por isso, decidiu que a sua própria docu-series seria a melhor maneira, pois ela terá o poder de controlar exatamente o que será falado”.

Além disso, a fonte revelou que o documentário pode estar mais próximo do que imaginamos: “Muito disso [documentário] já foi feito e o plano é que seja lançado neste verão”. Vale lembrar que o verão nos Estados Unidos vai do mês de junho a meados de setembro.

O acordo, entre Lovato e o Youtube, foi supervisionado pelo empresário Scooter Braun, com quem ela assinou no ano passado e que tem outros artistas famosos, incluindo Justin Bieber e Ariana Grande.