Demi Lovato lançou o seu novo videoclipe para o single “I Love Me” na última sexta-feira, 6, e desde a exibição da prévia do videoclipe, mostrada durante participação no programa da Ellen DeGeneres, muitos fãs começaram a reconhecer certas referências presentes no trecho.

Após o lançamento oficial, a diretora Hannah Lux Davis revelou que o objetivo do videoclipe é mostrar diversas fases e capítulos que fizeram parte da vida da Demi de alguma forma.

Separamos abaixo todas as referências reconhecidas e o significado de cada uma delas, para que vocês fiquem por dentro de todos os detalhes.

1. Referência aos haters do Twitter

É de conhecimento de todos que Demi sempre foi vítima de comentários maldosos na internet, seja envolvendo seu peso ou seus vícios. Em 2018, a cantora chegou a sair do Twitter e desde então não utiliza mais a rede social e isso é referenciado no videoclipe no minuto 1:23, onde Demi diz na letra: “Os haters que vivem na internet / Moram na minha cabeça, eles deveriam pagar aluguel / Eu sou boa demais ao escutar / Todos esses comentários que acabam com a minha energia” e no inicio da frase, podemos ouvir pássaros, que é o simbolo oficial da rede social.

2. Demi lutando contra ela mesma

Logo no início do clipe, Demi aparece em 3 versões: a versão atual, uma versão calma e sua versão antes de estar sóbria, por volta de 2010. Na cena, a versão atual da Demi começa a lutar contra sua antiga versão, o que representaria que ela estivesse querendo voltar aos seus velhos hábitos quando se trata de seus vícios. No fim da luta, a versão atual da Demi vence.

3. Demi e sua irmã quando pequenas de mãos dadas com sua mãe, Dianna

Em seu recente documentário, “Simply Complicated”, Demi conta que quando ela era pequena, ela, sua irmã mais velha, Dallas e sua mãe, Dianna, embarcavam para Los Angeles onde a cantora fazia diversos testes em busca de um papel na televisão. Foi assim que Demi conseguiu seu papel em Barney e Seus Amigos, seu primeiro papel da TV, e posteriormente “Camp Rock” e “Sunny Entre Estrelas”.

4. Era Confident / Future Now Tour

Em um certo momento do videoclipe, uma mulher acompanhada de alguns seguranças aparece andando na rua. A mulher em questão, representa Demi durante a turnê “Future Now Tour”, que fez em parceria com Nick Jonas em 2016. Além disso, a cena representa a era “Confident”, na qual Demi revelou recentemente em entrevista que fazia um esforço grande para manter o corpo magro que as pessoas ao redor dela queriam que ela mantesse, malhando três vezes por dia, seis vezes por semana.

Enquanto acontece a cena, o trecho “Por que eu me comparo com todo mundo? / Eu sempre coloco meu dedo na auto-destruição / Eu me pergunto se quando me amo é o suficiente” é tocada.

5. Camp Rock

Enquanto caminha na calçada, Demi passa ao lado de uma banda na rua, que representa ela, no papel de Mitchie Torres em Camp Rock, seu primeiro papel de destaque e que foi responsável por sua fama mundial. Na cena, ela aparece ao lado dos Jonas Brothers, seus companheiros no filme. Enquanto passa por eles, Demi sorri, mostrando que se sente orgulhosa de onde ela começou e que fez ela estar onde está hoje.

6. Gravidez

Demi revelou recentemente em entrevista que deseja engravidar e criar uma família ainda nesta década que está começando, e que ela sempre quis começar a sua própria família. Esse desejo dela é representado no videoclipe ao exibir uma mulher empurrando um carrinho de bebê nas ruas.

7. Jonas Brothers

Demi Lovato e Jonas Brothers foram companheiros e amigos durante uma década, desde que eles estrearam o filme “Camp Rock”, em 2008, até 2018, quando eles teoricamente terminaram a amizade por motivos desconhecidos. Embora haja boatos que eles a deixaram devido a sua recaída, Demi se mostra agradecida pelo tempo em que eles foram amigos e, ao passar por eles na rua, olha eles dando às costas e em seguida segue o seu caminho sorrindo.

8. Overdose

Em um dos momentos mais fortes do videoclipe, Demi passa ao lado dela mesma deitada em uma maca de hospital e encosta a mão nela mesma e canta o trecho “eu me pergunto se quando me amo é o suficiente”.

9. Renascimento

Em uma outra imagem forte do videoclipe, vemos Demi Lovato andando enquanto o que aparenta ser um hospital e passando por uma ambulância, o que representaria o seu “renascimento” após passar por uma overdose quase fatal em 2018.

10. Wilmer Valderrama

Demi Lovato e o ator Wilmer Valderrama namoraram por cerca de 6 anos. Durante esse tempo, os dois pareciam muito apaixonados e Demi até chegou a compôr uma música para ele chamada “Yes”, presente no álbum Confident, onde ela diz estar preparada para quando ele a pedir em casamento, o que nunca aconteceu. Em 2016, o casal anunciou o fim do casamento dizendo que ambos se davam melhor como melhores amigos do que namorados. Em 2017, durante o documentário “Simply Complicated”, Demi fala sobre o relacionamento e diz que nunca irá amar um homem como ela amou Wilmer e que ele sempre terá um espaço em seu coração.

Esse ano, após pouco mais de 5 meses de namoro, Wilmer Valderrama anunciou que está noivo da modelo Amanda Pacheco. No videoclipe, eles são representados por um casal de noivos que passam correndo enquanto ela anda pelas ruas, enquanto ela olha e canta “eu me pergunto se quando me amo é o suficiente”, o que ligaríamos ao fato dela dizer que também se sentia muito dependente dele durante o relacionamento.

11. Seus amigos verdadeiros

No fim do videoclipe, após passar por todos esses momentos, é mostrado fim do video Demi dando a mão aos seus melhores amigos, Sirah e Matthew Scott, que estão com ela desde o início da carreira, passaram por todos esses momentos com ela e nunca a abandonaram.

Assista novamente ao videoclipe para ver todas essas referências

Demi Lovato está de volta! Após praticamente 3 anos desde seu último álbum, “Tell Me You Love Me”, a cantora lançou nessa sexta-feira, 6, “I Love Me”, primeira musica de seu novo álbum, ainda sem título ou datas divulgadas.

Confira abaixo a letra e a tradução da música.

Letra Original

Flippin’ through all these magazines
Tellin’ me who I’m supposed to be
Way too good at camouflage
Can’t see what I am, I just see what I’m not
I’m guilty ‘bout everything that I eat (Every single day)
Feelin’ myself is a felony
Jedi level sabotage
Voices in my head make up my entourage

‘Cause I’m a black belt when I’m beating up on myself
But I’m an expert at giving love to somebody else
I, me, myself and I don’t see eye to eye
Me, myself and I

Oh, why do I compare myself to everyone?
And I always got my finger on the self-destruct
I wonder when I love me is enough (Yeah, yeah, yeah)
I wonder when I love me is enough (Yeah, yeah, yeah)
Why am I always looking for a ride or die?
‘Cause mine’s the only heart I’m gonna have for life
After all the times I went and fucked it up (All the times I went and fucked it up)
I wonder when I love me is enough, mmm (Yeah, yeah, yeah)

(Yeah, yeah, yeah, yeah)
(Yeah, yeah, yeah, yeah)
(Yeah, yeah, yeah, yeah) I wonder when I love me is enough
(Yeah, yeah, yeah, yeah) I wonder when I love me is enough

Haters that live on the internet (On the internet)
Live in my head, should be paying rent
I’m way too good at listening (Listening)
All these comments fucking up my energy (Energy)

‘Cause I’m a black belt when I’m beating up on myself
But I’m an expert at giving love to somebody else (Expert)
I, me, myself and I don’t see eye to eye
Me, myself and I (Yeah, yeah, yeah, oh)

Oh, why do I compare myself to everyone?
And I always got my finger on the self-destruct
I wonder when I love me is enough (Yeah, yeah, yeah)
I wonder when I love me is enough (Yeah, yeah, yeah)
Why am I always looking for a ride or die?
‘Cause mine’s the only heart I’m gonna have for life
After all the times I went and fucked it up (All the times I went and fucked it up)
I wonder when I love me is enough (Is enough; yeah, yeah, yeah)

Is enough (Yeah, yeah, yeah, yeah)
(Yeah, yeah, yeah, yeah) Yeah
(Yeah, yeah, yeah, yeah) I wonder when I love me is enough
(Yeah, yeah, yeah, yeah) I wonder when I love me is enough

I’m my own worst critic, talk a whole lot of shit
But I’m a ten out of ten even when I forget
I, I, I, I, I (I’m a ten out of ten, don’t you ever forget it)
I’m my own worst critic, talk a whole lot of shit
But I’m a ten out of ten, even when I forget (Hey, oh)
I, I, I, I, I (Yeah)

Yeah, yeah (Yeah, yeah, yeah, yeah)
(Yeah, yeah, yeah, yeah) Yeah, yeah
(Yeah, yeah, yeah, yeah) I wonder when I love me is enough
(Yeah, yeah, yeah, yeah) I wonder when I love me is enough
(Yeah, yeah, yeah, yeah)
(Yeah, yeah, yeah, yeah) I wonder when I love me is enough
(Yeah, yeah, yeah, yeah)
(Yeah, yeah, yeah, yeah)

Tradução

Folheando todas essas revistas
Me dizendo quem eu deveria ser
Boa demais em me camuflar
Não consigo ver o que sou, apenas vejo o que não sou
Me sinto culpada por tudo que como (todos os dias)
Me sentir eu mesma é um crime
Sabotagem nível Jedi
Vozes na minha cabeça compõem minha comitiva

Porque eu sou faixa preta quando estou batendo em mim mesma
Mas sou especialista em dar amor a outra pessoa
Eu, eu mesma e eu não vejo olho no olho
Eu, eu mesma e eu

Oh, por que eu me comparo com todo mundo?
E eu sempre coloco meu dedo na auto-destruição
Eu me pergunto se quando me amo é o suficiente (Yeah, yeah, yeah)
Eu me pergunto se quando me amo é o suficiente (Yeah, yeah, yeah)
Por que eu estou sempre procurando por uma companhia?
Porque o meu é o único que vou ter nesta vida
Depois de todas as vezes que fui e estraguei tudo (todas as vezes que fui e estraguei tudo)
Eu me pergunto se quando me amo é o suficiente, hmm (Yeah, yeah, yeah)

(Yeah, yeah, yeah, yeah)
(Yeah, yeah, yeah, yeah)
(Yeah, yeah, yeah, yeah) Eu me pergunto se quando me amo é o suficiente
(Yeah, yeah, yeah, yeah) Eu me pergunto se quando me amo é o suficiente

Os haters que vivem na internet (na internet)
Moram na minha cabeça, eles deveriam pagar aluguel
Eu sou boa demais ao escutar (escutar)
Todos esses comentários que acabam com a minha energia (energia)

Porque eu sou faixa-preta quando estou acabando comigo mesma
Mas eu sou expert ao dar amor para outras pessoas (expert)
Eu, eu mesma e eu não vejo olho no olho
Eu, eu mesma e eu (Yeah, yeah, yeah, oh)

Oh, por que eu me comparo com todo mundo?
E eu sempre coloco meu dedo na auto-destruição
Eu me pergunto se quando me amo é o suficiente (Yeah, yeah, yeah)
Eu me pergunto se quando me amo é o suficiente (Yeah, yeah, yeah)
Por que eu estou sempre procurando por uma companhia?
Porque o meu é o único que vou ter nesta vida
Depois de todas as vezes que fui e estraguei tudo (todas as vezes que fui e estraguei tudo)
Eu me pergunto se quando me amo é o suficiente, hmm (Yeah, yeah, yeah)
É o suficiente (Yeah, yeah, yeah, yeah)
(Yeah, yeah, yeah, yeah) Sim
(Yeah, yeah, yeah, yeah) Eu me pergunto se quando me amo é o suficiente
(Yeah, yeah, yeah, yeah) Eu me pergunto se quando me amo é o suficiente

Eu sou a minha pior crítica, falo muita merda
Mas eu sou um 10 de 10 mesmo quando eu me esqueço
Eu, eu, eu, eu, eu (Eu sou um 10 de 10, nunca se esqueça disso)
Eu sou a minha pior crítica, falo muita merda
Mas eu sou um 10 de 10, mesmo quando eu me esqueço (Hey, oh)
Eu, eu, eu, eu, eu (Yeah)

A cantora e atriz Demi Lovato concedeu uma entrevista completamente honesta no “The Ellen DeGeneres Show” nesta quinta-feira, 5, ao falar sobre sua recuperação, traumas vividos recentemente e no passado, recentes apresentações, paixão por Rihanna e novos projetos. Demi também aproveitou sua visita ao programa para divulgar uma prévia do videoclipe de seu novo single, “I Love Me“, que será lançado nesta sexta-feira, 6.

Demi retornará ao programa como apresentadora convidada na sexta-feira, 6.

A equipe DLBR já está trabalhando na tradução dos vídeos e iremos publicá-los legendados em breve. Você pode conferir a entrevista com a apresentadora Ellen DeGeneres logo abaixo, sem legendas.

 

 

O que será que vem aí?

Foi confirmada pelo Headline Planet, site especializado que tem acesso ao calendários dos programas norte-americanos, que Demi Lovato tem presença confirmada em dois episódios do programa “The Ellen DeGeneres Show”, da apresentadora Ellen DeGeneres.

As datas em questão serão nos dias 5 e 6 de março. No dia 5, a cantora concederá uma entrevista e no dia 6 ela será apresentadora convidada do programa. Mais detalhes sobre o motivo da aparição e o que acontecerá no episódio que ela será apresentadora ainda são um mistério.

Fiquem ligados nas redes sociais do DLBR para todos os detalhes.

A revista Billboard decidiu atender o pedido de um fã durante o “Ask Billboard” e publicou alguns dados relacionados a vendas e streamings das músicas e álbuns de Demi Lovato nos Estados Unidos.

Vendas de álbuns (puros):

Don’t Forget: 551,000
Unbroken: 532,000
Here We Go Again: 516,000
DEMI: 490,000
Tell Me You Love Me> 249,000
Confident: 245,000

Músicas mais ouvidas em serviços on-demand (audio):

“Sorry Not Sorry”: 895 milhões de streams
“Solo” (with Clean Bandit): 402 milhões de streams
“Heart Attack”: 359 milhões de streams
“Confident”: 358 milhões de streams
“Echame La Culpa” (with Luis Fonsi): 328 milhões de streams
“Tell Me You Love Me”: 313 milhões de streams
“Cool for the Summer”: 290 milhões de streams
“No Promises” (with Cheat Codes): 290 milhões de streams
“Stone Cold”: 247 milhões de streams
“Let It Go”: 225 milhões de streams
“Really Don’t Care”: 192 milhões de streams
“Give Your Heart a Break”: 170 milhões de streams
“Sober”: 159 milhões de streams
“Skyscraper”: 156 milhões de streams
“Neon Lights”: 128 milhões de streams

Quanto a “Anyone”, a mais nova música de Lovato, que estreou no 34º lugar na Billboard Hot 100 no dia 8 de fevereiro, já atraiu 18,2 milhões de streams. Além de ter vendido 54.000, tendo chegado como sua música da carreira a atingir o número 1 na parada de vendas de músicas digitais.

Há anos é esperada uma parceria entre Demi Lovato e Sam Smith, desde que, em meados de 2012, o cantor revelou ser um grande fã da cantora e que “Fix a Heart” é uma de suas músicas favoritas. Desde então, os fãs sempre pediam uma parceria entre eles, e o que tudo indica é que eles finalmente colaborarão.

Depois de serem vistos diversas vezes saindo juntos, visitando shows de drag queens e se divertindo, ao anunciar a pré-venda do novo álbum do Sam, “To Die For”, ao verificar os compositores da faixa 11 do álbum, podemos ver o nome de Demi Lovato creditada como compositora, além dela e do cantor, também estão creditados Ilya Salmanzadeh, Savan Kotecha e Peter Svensson.

Rumores que a faixa se chama “I’m Ready” e deve ser lançado como próximo single do cantor. O videoclipe da música foi gravado na última semana em um colégio nos arredores de Los Angeles.

Foram exibidos nos Estados Unidos nas últimas quinta-feiras dois novos episódios de Will & Grace, série de comédia na qual Demi Lovato entrou para o elenco interpretando Jenny, uma barriga de aluguel que será responsável por trazer ao mundo o filho do protagonista Will Truman (Eric McCormack), protagonista gay da série.

Confira abaixo os episódios 7 e 8 da 11ª temporada de Will & Grace, vale ressaltar que Demi Lovato aparece somente no episódio 8. Publicamos o episódio 7 à pedido dos nossos seguidores que estão acompanhando a série e não somente os episódios em que a Demi faz parte.

Episódio 7: “What a Dump”

Episódio 8: “Lies and Whispers” (com participação de Demi Lovato)

Demi Lovato se junta a uma série de estrelas com um programa no novo serviço de streaming, Quibi.

A cantora, que se apresentou recentemente no Grammy Awards e no Super Bowl, onde cantou o hino nacional, irá apresentar um programa de entrevistas provisoriamente intitulado “Pillow Talk with Demi Lovato”. O Quibi encomendou 10 episódios para o projeto.

O programa, no qual Demi Lovato também é produtora executiva, contará com conversas honestas entre Demi e seus convidados, uma mistura de celebridades e especialistas, abordando assuntos como positividade corporal, ativismo, sexo, relacionamentos, redes sociais e bem estar.

Eu sempre me considerei alguém que fala honestamente sobre as coisas que atingem a minha geração. Nós estamos ansioso por trazer essas conversas francas para o público, onde as pessoas poderão ter a oportunidade de se relacionarem com os tópicos e convidados, enquanto trazemos espaço para risadas e aprendizado. – Demi Lovato

O programa é uma criação da Goodstory Entertainment e SB Projects. Demi Lovato, Scooter Braun (que também tem outras duas séries musicais ainda em desenvolvimento no Quibi), Allison Kaye, Scott Manson, JD Roth e Adam Greener são os produtores executivos.

“Pillow Talk” é o terceiro programa de entrevistas em desenvolvimento no Quibi, que tem lançamento previsto para Abril.

O Quibi é um novo serviço de streaming que terá dispositivos móveis como foco principal. Ele possui mais de 50 séries escritas e em negociações, além de notícias diárias, esportes e programas de lifestyle. Os usuários pagarão US$ 5 por mês pela versão com anúncios ou US$ 8 para assistir ao conteúdo sem anúncios.

As performances consecutivas de Demi Lovato no Grammy Awards de 2020 e no Super Bowl LIV são apenas o começo do que está por vir para a estrela.

Na edição desta semana da revista PEOPLE, que chegará as bancas na sexta-feira, uma fonte próxima à cantora disse que estava “realmente feliz” com o resultado de ambas as performances – que foram a primeira desde que foi hospitalizada por uma overdose quase fatal em julho de 2018 – e está se preparando para lançar novas músicas nos próximos meses.

“Ela está animada para voltar à música e se apresentar nos palcos”, diz a fonte. “Não poderia haver uma maneira melhor de lançar as coisas para 2020. Ela está ocupada no estúdio trabalhando em novas músicas, e um álbum está a caminho no verão (americano, o que seria entre maio e agosto no Brasil”.

Outra fonte diz que, atualmente, Lovato, 27 anos, “leva a sobriedade muito a sério” e se cerca de um grupo de pessoas que pensam da mesma forma.

“O grupo de amigos dela vive a mesma vida que agora – é discreto”, diz a fonte. “Ela se envolve com amigos que realmente se importam e que também a ajudam a se manter saudável”.

Embora a fonte diga que Lovato “ocasionalmente luta para encontrar equilíbrio”, ela “parece muito focada em permanecer saudável”.

No Super Bowl, no domingo, Lovato cantou o hino nacional para uma multidão lotada no Hard Rock Stadium, em Miami. Depois de arrasar na performance, ela chamou o momento de “um sonho tornado realidade” em seu Instagram.

Exatamente uma semana antes, Lovato subiu ao palco do Grammy para estrear sua nova música “Anyone”, que foi escrita e gravada pouco antes de sua overdose. Depois de cantar as primeiras letras da música, Lovato ficou tão emocionada que teve que começar de novo.

Acontece neste domingo, 2, o Super Bowl, maior evento esportivo do mundo que celebra o fim da Liga Nacional de Futebol Americano dos Estados Unidos e é assistido por cerca de 100 milhões de pessoas anualmente. A 54º edição do evento acontecerá no Hard Rock Stadium em Miami, na Flórida.

Demi Lovato foi convidada e será responsável por cantar o Hino Nacional dos Estados Unidos, que abrirá o evento. Além dela, Jennifer Lopez e Shakira serão as responsáveis pelo show do intervalo.

Confira abaixo todas as informações sobre o evento e como assisti-lo.

Onde assistir na TV:

O Super Bowl, no Brasil, é exibido exclusivamente no canal a cabo ESPN (para saber qual o canal correspondente a sua operadora, clique aqui).

Horário:

O evento começará às 20h (horário de Brasília). Demi deve cantar o hino nacional a qualquer momento entre 20h e 20h30, momento em que acontece o pré-show. Fiquem ligados em nossas redes sociais para aviso em tempo real.

Onde assistir na Internet:

Opção 01:

Opção 02:

Opção 03:

A revista Variety publicou um artigo com a análise do aumento de vendas e streams dos artistas que se apresentaram no Grammy, que aconteceu no último domingo. Demi Lovato, que voltou aos palcos com sua música inédita chamada “Anyone“, assumiu o topo das vendas e dos streams entre eles. Confira a notícia:

Demi Lovato e Camila Cabello viram suas vendas e streams explodirem após suas performances no Grammy, de acordo com dados divulgados pelo BuzzAngle e Spotify.

“Anyone”, de Lovato, que ela absolutamente arraso una premiação após ter que recomeçar, foi a música mais baixada nos Estados Unidos no dia do Grammy, com mais de 11,500 cópias vendidas no dia da premiação e mais 27,000 cópias vendidas nas primeiras 24 horas após sua apresentação (como foi uma estreia, não há gráficos de ganho percentual). Isso define uma cena promissora para sua apresentação do hino nacional no Super Bowl, no domingo.

“Anyone” também foi a música mais ouvida no dia seguinte a sua performance, aumentando 2 milhões de transmissões (crescimento de 600%).

Confira abaixo as informações divulgadas:

Músicas mais vendidas:

Artista / Música / % de crescimento no dia da performance / 2º dia de vendas / % de crescimento no 2º dia

1. Demi Lovato – Anyone / Debut / 27,071 cópias vendidas / Debut
2. Blake Shelton – Nobody But You / 103% / 14,159 cópias vendidas / 54%
3. Camila Cabello – First Man / 68,333% / 11,415 cópias vendidas / 81,435%
4. Lil Nas X – Old Town Road / 263% / 7,878 cópias vendidas / 207%
5. Jonas Brothers – What’s A Man Gotta Do / 192% / 7,104 cópias vendidas / 142%

Músicas mais executada nas plataformas de streaming:

Música / Artista / Streams e % de aumento

1. Anyone / Demi Lovato / 1.9M 592%
2. Old Town Road / Lil Nas X/ 1.8M -9%
3. When the Party’s Over / Billie Eilish / 1.7M 97%
4. First Man / Camila Cabello / 1.4M 890%
5. What A Man Gotta Do/ Jonas Brothers 1.3M / 21%

A NFL (National Football League), liga esportiva de futebol americano dos Estados Unidos e organizadora de um dos eventos de maior audiência do mundo, o Super Bowl, revelou uma novidade para este ano.

A empresa divulgará as imagens das performances na noite do jogo, incluindo o show do intervalo que contará com Jennifer Lopez e Shakira, o hino nacional com Demi Lovato e uma versão de “America Is Beautiful” que será apresentada por Yolanda Adams e o coral Children’s Voice farão parte do álbum “Super Bowl LIV Live”.

É esperado que as performances cheguem as plataformas digitais logo após serem exibidas no evento que acontecerá nesse domingo, dia 2 de fevereiro.

Todos os lucros arrecadados com os streams do hino nacional e da versão de “America Is Beautiful” serão doados para o programa “Inspire Change” da NFL, que apóia “educação e avanço econômico, relações policiais e comunitárias e reforma da justiça criminal”, segundo um comunicado à imprensa.

Brian Rolapp, diretor de mídia e negócios da NFL, opinou: “Com a abundância de tecnologia no mundo de hoje, era extremamente importante que pudéssemos compartilhar as inovadoras performances do Super Bowl com nossos fãs em todo o mundo depois que eles acontecerem.”

Aconteceu na noite de domingo, durante o Grammy Awards, a maior noite da música mundial, o retorno de Demi Lovato aos palcos. Quase dois anos afastada após sofrer uma overdose em julho de 2018, a cantora retornou ao palco da premiação para sua primeira performance desde então, performando “Anyone“, nova música que ela havia prometido que cantaria se saísse do hospital onde ficou internada após o ocorrido.

Completamente aclamada, a performance de Lovato foi elogiada pelos críticos musicais, cantores, pessoas do entretenimento e público em geral.

Confira abaixo as reviews publicadas pelas revistas e sites especializados, além da tradução e ranking de melhores performances feitas por elas.

Time

“Lovato derrubou a casa com a estréia de “Anyone”, escrita após vários anos de luta com bulimia, dependência e transtorno bipolar e uma overdose em 2018. Lovato se emocionou e parou de cantar, pedindo ao pianista para reiniciar a música. Mas o deslize – após o qual uma lágrima escorreu por sua bochecha direita – apenas reforçou a surpreendente nudez emocional da música, que ela produziu com força crescente. “Cem milhões de histórias / e cem milhões de músicas / me sinto estúpida quando canto / ninguém está me ouvindo”, ela cantou. Ela não poderia estar mais errada”.

Billboard

No início da apresentação de estréia de sua nova música extremamente pessoal “Anyone”, Demi Lovato teve um pouco de dificuldade com a abertura da música, cantando apenas as primeiras letras. Mas seu pianista recomeçou e, pela segunda vez, ela passou por uma performance impactante da balada, sendo aplaudida de pé no final da performance – um retorno triunfante e conquistado com muito esforço que deve estabelecer o próximo capítulo de sua impressionante carreira pop.

USA Today

Lovato, apresentando sua primeira grande performance desde que foi hospitalizada após uma possível overdose de drogas em 2018, recebeu uma merecida homenagem por sua performance bruta, poderosa e emocionalmente emocionante da nova música “Anyone”, que ela escreveu quatro dias antes de sua hospitalização. A balada é, como Lovato descreveu, um “pedido de ajuda”, com letras doloridas sobre a solidão (“me sinto estúpido quando canto / ninguém está me ouvindo”). A ex-estrela da Disney, de 27 anos de idade, se emocionou quando começou a música e teve que começar de novo. Lágrimas escorreram por seu rosto enquanto ela passava sem esforço pela exigente ginástica vocal. Caso você tenha esquecido que Lovato é um das nossas vocalistas ao vivo mais talentosos, vulneráveis e com alma, tudo que você precisa fazer é assistir a performance de “Anyone”.

NBC News

“Demi Lovato estreou “Anyone”, uma música que ela escreveu dias antes de sua overdose, chamando de “um pedido de ajuda”. A cantora de “Confident” se emocionou e começou a música pela segunda vez, mas isso não teve importância para o publico presente e os fãs, que a chamaram de “poderosa” e a aplaudiram de pé. A música emocionante marcou a primeira vez que Lovato se apresentou no palco desde a overdose em 2018. Ela também cantará o hino nacional antes do Super Bowl no dia 2 de fevereiro”.

EW

“Demi Lovato fez um retorno incrivelmente emocionante à primeira performance pública com a estréia de seu novo single “Anyone”, que ela escreveu dias antes da overdose de 2018. Tão superada pela emoção, Lovato teve que começar a música novamente, e o peso intenso da música era palpável em sua voz o tempo todo. É uma letra comovente, “Ninguém está me ouvindo”, particularmente no contexto em que ela escreveu essas palavras, afundou quando Lovato fez uma das performances mais emocionais da noite que lhe renderam uma aclamação de pé. Sua postura e graça sob o fogo eram incomparáveis em uma noite cheia de momentos emocionais. Bem vindo de volta, Demi. Esperamos que você esteja aqui para ficar”.

Forbes

“Algumas apresentações musicais se consagram no panteão de momentos icônicos ao vivo, à medida que se desenrolam em tempo real. Demi Lovato se juntou a esse panteão com uma performance fascinante de sua nova música, “Anyone”, no Grammy de 2020. A cantora, de 27 anos, subiu ao palco ladeado apenas por um pianista, lutando contra as lágrimas quando a música começou. Após um começo falso, ela recuperou a compostura e passou pelo verso da música. Ela recebeu uma merecida aclamação de pé no final da música”.

Vulture

“Demi Lovato conseguiu que todo o público do Staples Center participasse de sua primeira apresentação desde que sofreu uma overdose em 2018. A força vocal começou a cantar seu novo single “Anyone” em lágrimas e rapidamente precisou começar de novo. Na segunda vez, não havia como detê-la. Lovato escreveu e gravou a música quatro dias antes de sua overdose quase fatal e subsequente hospitalização. “Cem milhões de histórias e cem milhões de músicas”, cantou Lovato, resiliente em branco. “Sinto-me estúpido quando canto / ninguém está me ouvindo”. Agora, o mundo inteiro está ouvindo”.

LA Times

“Lovato cantou uma versão emocionante e poderosa de “Anyone”, sua primeira apresentação desde a overdose de junho de 2018 (e um grande retorno antes de seu show no Super Bowl no próximo mês). A performance da música de Lovato, escrita apenas quatro dias antes do incidente, foi acompanhada por um piano e foi imediatamente recebida por uma ovação de pé – e até um aceno de aprovação de Lizzo na platéia”.

Elle

“Demi Lovato fez uma das performances mais significativas e poderosas de sua carreira no Grammy. A cantora cantou “Anyone” pela primeira vez no palco, uma música que ela gravou dias antes de ser hospitalizada com uma overdose de drogas em julho de 2018. Ela inicialmente lutou para começar a música, depois passou a tocar um dos vocais mais impressionantes e emocionais entre as performances da noite. Ela recebeu, com razão, uma ovação de pé no final”.

The Hollywood Reporter

“Quando Demi Lovato subiu ao palco do Grammy por sua primeira apresentação na TV em dois anos, ela não estava brincando. Após seu susto em 2018, ela retornou em perfeição. Então, quando ela começou a cantar a nova música “Anyone” e não conseguiu as notas, ela fez uma pausa, começou de novo e depois acertou completamente a emotiva performance ressonante. “Sinto-me estúpido quando canto / ninguém está ouvindo”, ela cantou dolorosamente e com força. “Por que eu rezo de qualquer maneira se ninguém está ouvindo?” Lovato e seus tubos de força estão de volta”.

TV Line

“Nós aplaudiríamos Demi Lovato apenas por fazer sua performance emocional de “Anyone”, uma balada que ela escreveu e gravou alguns dias antes de ser hospitalizada por uma overdose de drogas. Mas ela não conseguiu passar pela música altamente pessoal; ela apertou o cinto na perfeição, mesmo enquanto lutava contra as lágrimas, e apresentou o que foi facilmente a performance mais deslumbrante da noite”.

Além disso a performance figurou na lista de melhores momentos/performances da noite por meios como NME, Variety, Insider, BBC e muito mais.

Em uma recente entrevista da revista estadunidense “Variety“, um dos produtores do Grammy, Ken Ehrlich, foi perguntado sobre como o show se dirigiu ao longo da noite e a evolução de performances memoráveis. A cantora Demi Lovato que fez o seu retorno no evento, que aconteceu no dia 27 de janeiro, não ficou de fora.

Confira o trecho da entrevista em que ele fala sobre a emocionante performance da cantora.

E: Falando em pessoas chorando, Demi começou a chorar e teve que se recompor para reiniciar a música. Foi difícil também passar no ensaio?

“Os ensaios nunca são o mesmo. Então eu acho que são dez vezes mais. No ensaio, ela meio que conseguiu, mas ficou um pouco hesitante. Às vezes, ensaio três ou quatro vezes, porque acho que fica melhor. Com ela, acho que fizemos uma vez. Talvez duas vezes. Mas não queria mais que ela fizesse isso, porque não queria que ela ficasse confortável. Eu queria que ela sentisse qual era a emoção daquela sala (no momento).
E você sentiu isso… não sei se entendi o funcionamento interno da mente de qualquer uma dessas pessoas, mas sei que era importante que ela se comunicasse para que as pessoas soubessem o que ela havia passado. Acredito que havia apenas um desejo de ajudar outras pessoas. Nós conversamos sobre isso, ela estava lá por isso”.

No último domingo, 26, Demi Lovato nos presentó com uma performance no Grammy Awards onde foi ovacionada por todos os presentes e também por grandes veículos de mídia. Além da performance estonteante, Demi que não lançava nada há quase dois anos, liberou a balada “Anyone”, com uma das letras mais fortes lançadas pela cantora.

Confira abaixo a letra e tradução:

Uh, uh

I tried to talk to my piano
I tried to talk to my guitar
Talked to my imagination
Confided into alcohol

I tried and tried and tried some more
Told secrets till my voice was sore
Tired of empty conversation
‘Cause no one hears me anymore

A hundred million stories
And a hundred million songs
I feel stupid when I sing
Nobody’s listening to me
Nobody’s listening

I talk to shooting stars
But they always get it wrong
I feel stupid when I pray
So, why am I praying anyway?
If nobody’s listening

Anyone; please, send me anyone
Lord, is there anyone?
I need someone, oh
Anyone; please, send me anyone
Lord, is there anyone?
I need someone

I used to crave the world’s attention
I think I cried too many times
I just need some more affection
Anything to get me by

A hundred million stories
And a hundred million songs
I feel stupid when I sing
Nobody’s listening to me
Nobody’s listening

I talk to shooting stars
But they always get it wrong
I feel stupid when I pray
Why the fuck am I praying anyway?
If nobody’s listening

Anyone; please, send me anyone
Lord, is there anyone?
I need someone, oh
Anyone; please, send me anyone
Lord, is there anyone?
I need someone

Oh, anyone, I need anyone
Oh, anyone, I need someone

A hundred million stories
And a hundred million songs
I feel stupid when I sing
Nobody’s listening to me
Nobody’s listening

Uh, uh

Eu tentei falar com meu piano
Eu tentei falar com minha guitarra
Falei com a minha imaginação
Mas confidenciei ao álcool
Eu tentei e tentei e tentei muitas vezes
Contei segredos até minha voz se machucar
Cansada de conversas vazias
Porque ninguém mais me ouve

Uma centena de milhões de histórias
E uma centena de milhões de músicas
Eu me sinto estúpida quando canto
Ninguém está me escutando
Ninguém está ouvindo
Eu falei com estrelas cadentes
Mas elas entenderam errado
Eu me sinto estúpida quando rezo
Então, por que estou rezando, afinal?
Se ninguém está ouvindo

Alguém, por favor enviem alguém até mim
Senhor, existe alguém?
Eu preciso de qualquer um
Alguém, por favor enviem alguém até mim
Senhor, existe alguém?
Eu preciso de qualquer um

Eu costumava desejar a atenção do mundo
Acho que eu chorei muitas vezes
Eu só preciso de mais afeto
Qualquer coisa para me ajudar

Uma centena de milhões de histórias
E uma centena de milhões de músicas
Eu me sinto estúpida quando canto
Ninguém está me escutando
Ninguém está ouvindo
Eu falei com estrelas cadentes
Mas elas entenderam errado
Eu me sinto estúpida quando rezo
Então, por que estou rezando, afinal?
Se ninguém está ouvindo

Alguém, por favor enviem alguém até mim
Senhor, existe alguém?
Eu preciso de qualquer um
Alguém, por favor enviem alguém até mim
Senhor, existe alguém?
Eu preciso de qualquer um
Oh, alguém, eu preciso de qualquer um
Oh, alguém, eu preciso de qualquer um

Uma centena de milhões de histórias
E uma centena de milhões de músicas
Eu me sinto estúpida quando canto
Ninguém está me escutando
Ninguém está ouvindo

E chegou o grande dia! Acontece nesse domingo, em Los Angeles, a 62ª edição do Grammy Awards, premiação mais importante da industria musical. Contando com apresentação de Alicia Keys, finalmente teremos o tão aguardado retorno de Demi Lovato aos palcos durante a premiação. A cantora, que sofreu uma overdose em 2018 e se retirou dos holofotes desde então para se cuidar, retornará ao palco da premiação para cantar sua nova música, “Anyone“, a qual prometeu que cantaria quando estava no hospital se recuperando.

Além de Demi Lovato, teremos performances de Billie Eilish, Lizzo, Ariana Grande, Tyler, the Creator, Rosalía, Charlie Wilson, Jonas Brothers, Gary Clark Jr. com the Roots, H.E.R., Aerosmith com Run-D.M.C., Blake Shelton com Gwen Stefani. Além disso terão parcerias em performances como Lil Nas X, BTS, Diplo, Mason Ramsey e Billy Ray Cyrus performando “Old Town Road”, Sheila E. e Usher fazendo um tributo ao Prince, John Legend, DJ Khaled, Meek Mill, Roddy Ricch, YG e Kirk Franklin fazendo tributo ao Nipsey Hussle e Bonnie Raitt fazendo tributo ao John Prine.

Confira abaixo todas as informações que você precisa saber para assistir ao red carpet, a premiação e streams para assistir online (caso não tenha acesso a TV à cabo).

Data: 26 de janeiro de 2019
Horário: Red carpet às 20h e a premiação oficial às 22h (horário de Brasília).
Onde será exibido: No Brasil, para os que possuem TV à cabo, a premiação será exibida no canal TNT. O red carpet será exibido no E! News.
Apresentadores: Dua Lipa, Bebe Rexha, Billy Porter, Shania Twain, Keith Urban, Stevie Wonder, Brandi Carlile, Commom, Ava Duvernay, Cynthia Erivo, Jim Gaffigan, Trevor Noah, Sharon Osbourne, Ozzy Osbourne, Smokey Robinson e Tanya Tucker.

Links para assistir online:

Red carpet (a partir das 20h):

Premiação (a partir das 22h):

Opção 01:

Opção 02: